Buscar

Carregando...

Páginas

BLACK POWER

Black Power (Poder Negro) é um movimento entre pessoas negras em todo o mundo, especialmente nos Estados Unidos. Mais proeminente no final dos anos 1960 e início dos anos 1970, o movimento enfatizou orgulho racial e da criação de instituições culturais e políticos negros para cultivar e promover interesses coletivos, valores antecipadamente, e segura autonomia para os negros. Esses irmãos exibiam orgulhosamente seus cabelos crespos num corte arredondado. O mais antigo conhecimento do uso da expressão "Black Power" veio de um livro de Richard Wright de 1954 intitulado "Black Power". O primeiro uso da expressão em um sentido político pode ter sido por Robert F. Williams, presidente da NAACP, escritor e editor da década de 1950 e 1960. A expressão "Black Power" foi criada por Stokely Carmichael, militante radical do movimento negro nos Estados Unidos, após sua vigésima sétima detenção em 1966. "Estamos gritando liberdade há seis anos. O que vamos começar a dizer agora é poder negro", anunciou.


O Cabelo cabelo Black Power ficou famoso no Brasil nos anos 70 e segundo a Revista Raça, o primeiro famoso a assumir o corte foi Toni Tornado e em seguida o cantor Tim Maia, ambos moraram nos Estados Unidos e trouxeram o estilo de lá. O Black Power é um estilo de cabelo natural, solto, despojado, que traz uma idéia de liberdade.





O nome já diz BLACK POWER, é muito mais que um penteado, é atitude, autoestima, resgate e estilo. Uma história muito famosa envolvendo o black power e a atriz Zezé Mota. Ela conta que, ao chegar aos Estados Unidos, em 1968 e ver vários negros com o cabelo black power, ela achou tão libertador que foi direto ao hotel e enfiou a cabeça embaixo do chuveiro, para tirar o alisamento que usava..





É impressionante o número de mulheres todos os dias nos cabeleireiros, alisando com a escova, com a chapinha, com produtos químicos. Isso vem acontecendo porque as pessoas não assumem o cabelo que tem, a questão da aceitação, da escravidão do cabelo liso, do padrão de beleza... porém há quem assuma suas madeixas natuais e com muito estilo.


O black power exige cuidados e produtos apropriados. Além disso, recupera o cabelo afro, muitas vezes danificado por químicas e processos danosos. O segredo do black power é um bom corte, pois sem ele a pessoa não consegue aquele efeito imponente. Depois do corte, é preciso manter o cabelo para não perder o visual, e é aí que entram os tratamentos e produtos indicados. Para se ter um cabelo black, não é preciso ter uma miniperfumaria em casa, basta um xampu para cabelos secos, um creme para pentear sem enxágue (leave-in), que pode ser aplicado diariamente, e uma máscara para hidratar os fios, que deve ser usada uma ou no máximo duas vezes por semana. Se preferir, pode ir ao salão para uma hidratação mais profunda uma vez no mês.







NO CASO DOS TINGIDOS, O CUIDADO É DOBRADO!



- Use xampu e condicionador especialmente formulados para cabelos tingidos ou coloridos.
- Lave o cabelo em água morna para fria.
- No seu primeiro tingimento, use uma cor mais próxima da cor do seu cabelo.
- Hidrate freqüentemente.
- Use os tratamentos de óleo quente.
- Evite o secador.
- Cuidado ao expor os cabelos coloridos ao sol.
- Não fique mudando a marca da tintura.

LAVAR E SECAR

O cabelo black é extremamente delicado e exige alguns cuidados especiais. Demora muito para secar e fica úmido muito tempo, por isso deve ser lavado de uma a três vezes por semana, não mais do que isso. Para as pessoas mais agitadas, que vão á academia, se movimentam mais e suam mais, pode ser três vezes por semana. Do contrário, de uma a duas vezes está bom. Se for uma pessoa mais sedentária, não precisa lavar todos os dias. Deixe secar naturalmente ou secando com a toalha sempre amassando, dá um efeito muito bom.






O cabelo black power é muito mais do que moda e estética. Desde pequena, a menina negra ouve piadas a respeito de seu cabelo. Que é cabelo duro, cabelo ruim e isso marca muito. Quando a gente cresce, e adquire conhecimento, aceitação e ORGULHO do cabelo natural. Antigamente, eu alisava o cabelo. Com o tempo, enjoei, comecei a achar muito artificial e decidi voltar ao natural. Não foi fácil, foi todo um processo, um resgate de autoestima, a superação desses traumas de infância. Foi tudo muito complicado, pensei muito, tive medo de não ficar bom, me inspirei em referências que eu tinha. Tudo muito profundo, pois essa ditadura do cabelo liso é um racismo muito sutil, uma anulação da identidade do negro. Hoje me sinto mais bonita com esse cabelo, melhor do que era antes. Acho que o cabelo black power realçou minha beleza. As pessoas dizem que estou mais jovem, mais "descolada". Quando uma pessoa se assume e reconquista o seu poder, naturalmente fica mais bonita.

#DICA Hidratação para cabelo crespo.


Óleo de Mamona para o desenvolvimento Capilar Sofrendo com perda de cabelo? Não se preocupe mais, porque o óleo de rícino, extraído de sementes de mamona, têm sido usado terapeuticamente para muitas condições de saúde, incluindo como um tratamento para o desenvolvimento e fortalecimento capilar.O óleo rícino para o desenvolvimento capilar é um método natural que ajuda os fios crescerem saudáveis e fortalecidos. Por isso, se você perceber que seu cabelo está se tornando mais fracos e quebradiço a cada vez que você verifica no espelho, provavelmente é hora de você escolher o óleo de mamona Chad.








O Óleo de Argan é um poderoso hidrante e antioxidante natural que combate os radicais livres que ajuda a reparar os danos na membrana celular, aumentando a força da fibra capilar e combatente o frizz.

Além disso, ele contém Vitamina E, que dá vida aos fios e protege os cabelos contra os danos causados por agentes externos, sua fórmula é enriquecida com Hydroavance um ativo que age profundamente, fortalecendo toda a fibra capilar.































0 comentários:

Postar um comentário